O que é tombamento?

O passado de um povo tem repercussão em seu presente e essa herança está visível nos traços arquitetônicos das construções, nos bens móveis e imóveis e nos objetos, quando se trata de patrimônio material. Nas tradições, nos hábitos e costumes, nas festas, nas comidas típicas, na religiosidade, em se tratando de patrimônio imaterial. Na fauna e na flora, nos mananciais, nas nascentes, nos riachos e rios, nas paisagens naturais, tratando-se de patrimônio ambiental. Nesse sentido patrimônio é tudo que nos proporciona entender o meio ambiente, a vida das pessoas e da coletividade numa determinada época, é tudo que herdamos dos nossos antepassados.

Para podermos usufruir dessas heranças faz-se necessário a proteção das mesmas, ou corremos o risco de perder esse vínculo com o passado, desconhecer quem somos no presente e sem base para planejarmos o futuro.

A proteção desses bens, tanto materiais, imateriais e ambientais, é feita pelo tombamento, cujo conceito podemos utilizar o formulado pelo Departamento do Patrimônio Histórico da cidade de São Paulo: “Tombamento é um ato administrativo realizado pelo poder público com o objetivo de preservar, através da aplicação de legislação especifica, bens de valor histórico, cultural, arquitetônico, ambiental e também de valor afetivo para a população, impedindo que venham a ser destruídos ou descaracterizados”.