Prefeitura retoma aulas de instrumentos no Santa Gertrudes e Complexo Fepasa

No encerramento do projeto “Férias nos Cras” em julho do ano passado, Rhianner Lima, de 11 anos, aproveitou para cobrar o Prefeito Luiz Fernando Machado pela volta das aulas de violão do projeto Tocar & Encantar no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do Jardim Santa Gertrudes. Apesar do encerramento das aulas, ele e seus amigos continuaram os ensasios. E não ensaiaram à toa. Nesta sexta-feira (12), o grupo se apresentou no Complexo Fepasa para comemorar a volta do projeto e dar as boas-vindas aos novos alunos.

Rhianner Lima se apresentou com os amigos para comemorar a volta do curso de violão no Cras Santa Gertrudes

O Tocar & Encantar é uma idealização do Forma Cultural, com realização em parceria com a Prefeitura, e oferece aulas gratuitas de instrumentalização para crianças e adolescentes de 12 a 16 anos da rede pública de ensino. As aulas de violão e de flauta doce do projeto passam, a partir de agora, a ser oferecidas também Complexo Fepasa além do Cras, com 50 alunos em cada núcleo. Os instrumentos serão oferecidos gratuitamente aos alunos, que terão permissão de levá-los para casa para ensaiar os receberão de presente se concluírem o curso de um ano. As aulas serão oferecidas nos períodos matutino e vespertino, sempre às terças e sextas-feiras, com aulas quinzenais aos sábados, restando ainda vagas para o curso de flauta doce no Complexo.

Para o gestor da Unidade de Cultura (UGC), Marcelo Peroni, o Complexo Fepasa não é mais somente a casa da Cultura jundiaiense, mas também a casa do Tocar & Encantar. “Tive o prazer de conhecer o projeto no Cras e ele me impressionou pela sua qualidade, por propor repertório de qualidade às novas gerações e pela maneira como reforça a minha convicção de que a arte forma humano melhores. A arte é transversal e acontece quando em feita em rede, como essa da parceria entre a Prefeitura, a Forma Cultural, a iniciativa privada, os pais e os alunos”, comemorou.

LEIA TAMBÉM
Museus fecham para manutenção e montagem de nova exposição
Cultura abre inscrições para 600 vagas em oficinas gratuitas
Música italiana, samba e forró serão atrações culturais da Festa da Uva

A gestora da Unidade de Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS), Nádia Taffarello Soares, destacou a importância do projeto para a rede socioassistencial em Jundiaí, como os outros cinco Cras e o Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas). “Decidi colocar a UGADS à disposição para o desenvolvimento do projeto, pois acredito que a arte chega aos corações mais endurecidos e transforma as vidas”.

As aulas no Cras Santa Gertrudes serão oferecidas através da Lei Rouanet, com patrocínio da Roca Sanitários, Chroma Veículos e Grupo Bignardi. Já as aulas no Complexo Fepasa contarão com o patrocínio do Grupo CCR – AutoBAn e Tenda Atacado, através do Proac- ICMS da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.

Aparecida Pereira e o neto Matheus, de 10 anos, representaram os alunos e as famílias no lançamento do projeto

Assessoria de Imprensa
Fotos: Fotógrafos PMJ



Publicada em 12/01/2018 ▪ Leia mais sobre , , , , , , ,