Cultura Jundiaí | http://cultura.jundiai.sp.gov.br

Programação 2º Festeju

Os ingressos gratuitos serão distribuídos na data e local de cada espetáculo, com exceção das peças apresentadas nas praças do Centro. No Teatro Polytheama, os ingressos são distribuídos a partir das 13h nos dias de semana e a partir das 14h aos finais de semana. Já na Sala Jundiaí do Complexo Fepasa, a distribuição começa sempre às 14h.

Programação Cena Profissional

15 de setembro (sábado)

  • 20h – Teatro Polytheama – “A Caravana dos Pássaros Errantes”, Grupo Nômade;

16 de setembro (domingo)

  • 19h – Teatro Polytheama – “Pé na Curva”, Cia. de 2;

17 de setembro (segunda-feira)

  • 19h30 – Teatro Polytheama – “A Terceira Margem do Rio: a de dentro”, Cia. Músico-Teatral Letras da Rosa;

18 de setembro (terça-feira)

  • 19h30 – Teatro Polytheama – “Maria e os Pacotes e outros textos”, Cia. José Renato Forner;

19 de setembro (quarta-feira)

  • 17h – Praça Governador Pedro de Toledo (Praça da Matriz) – “Vikings e o Reino Saqueado”, Cia. os Palhaços de Rua;
  • 19h30 – Teatro Polytheama – “Ouvindo Estrelas”, PH Cia. de Teatro e Circo;

20 de setembro (quinta-feira)

  • 19h30 – Teatro Polytheama – “Seu Bonfim”, Cia. Território Sirius;

21 de setembro (sexta-feira)

  • 19h30 – Teatro Polytheama – “Teresa não sabe dormir”, Cia. Paulista de Artes;

23 de setembro (domingo)

  • 19h – Teatro Polytheama – “Naquele Instante”, Grupo Código;

Programação Cena Amadora

22 de setembro (sábado)

  • 10h – Sala Jundiaí – “Novas diretrizes para tempos de paz”, do Grupo Dupla;
  • 15h30 – Sala Jundiaí – “Gonzagas, meu remédio é cantar”, Estúdio Cênico Grupo Teatro Amador;

23 de setembro (domingo)

  • 10h – Sala Jundiaí – “O pequeno príncipe”, Cia. Boca Amarela;
  • 18h – Sala Jundiaí – “Orfeu da conceição”, Ballet Teatro Oficina;
  • 21h – Sala Jundiaí – “Sob influência”, Cia. Fênix de Teatro;

24 de setembro (segunda-feira)

  • 20h – Sala Jundiaí – “Reação in cadeia”, Cia. Arteenager;

25 de setembro (terça-feira)

  • 18h30 – Sala Hermeto Pascoal – “Se olha e não se toca #SOENST”, Cia. Impulso;
  • CANCELADO – 21h – Sala Jundiaí – “Contra o vazio que avança com todas as suas formas”, Cia. Athaurfa – CANCELADO;

26 de setembro (quarta-feira)

  • 18h30 – Sala Jundiaí – “Qual da ditadura que te aprisiona”, Samurais de Teatro de Cabreúva;
  • 20h – Sala Jundiaí – “A queda para o alto”, Teatrônicos;

27 de setembro (quinta-feira)

  • 20h – Sala Jundiaí – “Aquilo que fica guardado na memória”, Coletivo Mundaréu;

28 de setembro (sexta-feira)

  • 19h – Sala Jundiaí – “Um dia ouvi a lua”, Entre Trilhos do Teatro Jundiaí;

29 de setembro (sábado)

  • 10h – Praça Governador Pedro de Toledo (Praça da Matriz) – “Escola de mulheres”, Grupo Barracão;

30 de setembro (domingo)

  • 10h – Sala Jundiaí – “O castelo desencantado”, Grupo de Teatro Gaudí ;
  • 17h – Sala Jundiaí – “Tem frufru nesse angu”, Cia. de Teatro Uta;
  • 20h – Sala Jundiaí – Premiação.

Programação Apoio Institucional Sesc

14 de setembro (sexta-feira)

  • 20h – Sala Jundiaí – Peça “O Circo Fubanguinho”, da Trupe da Lona Preta
    Espetáculo inspirado nas charangas, farsas e bufonarias. As músicas pontuam e costuram o enredo. Nele, dois palhaços, demitidos e expulsos do picadeiro, tentam se inserir no circo a qualquer custo.

    Direção: Sérgio Carozzi e Joel Carozzi;

15 de setembro (sábado)

  • das 10h30 às 13h30 – Sala dos Relógios do Complexo Fepasa – Oficina “Um encontro com Denise Weinberg”

    Denise Weinberg é uma das atrizes mais premiadas de sua geração, fundou o Grupo Tapa em 1979, onde permaneceu por 21 anos. Este encontro visa discutir o oficio do ator nos dias de hoje e seu comportamento no teatro, no cinema e na televisão. Qual o objetivo de ser ator nos dias de hoje?Por que ser ator nos dias de hoje? Qual a nossa função na sociedade brasileira?;

22 e 23 de setembro (sábado e domingo)

  • das 10h30 às 13h30 – Sesc Jundiaí (avenida Antônio Frederico Ozanan, 6600, Jardim Botânico) – Oficina “Musicalidade e Caligrafia Cênica na Construção do Corpo Espetacular”

    A oficina busca desenvolver junto aos participantes a percepção do corpo como elemento primeiro da criação teatral, desenvolvendo um olhar capaz de enxergar o corpo em sua concretude, em sua potência de tornar imagens abstratas em matéria poética viva. Como base de investigação, três diretrizes distintas de investigação se farão presentes: a caligrafia externa de movimento espacial (coreografia), a trajetória interna e periférica do corpo (corpografia), onde novas formas, linhas, curvas e tônus se inscrevem em diálogo com um estímulo externo, terceiro, que é o ritmo (musicalidade), ferramenta regente do contato sensível com a potencialidade corporal.

    Público alvo: estudantes de artes, atores, bailarinos, artistas circenses, com ou sem experiência prévia.

    Os interessados deverão se inscrever até a quinta-feira (20), através do envio, para o e-mail cenicas@jundiai.sescsp.org.br de uma carta de interesse e de um breve currículo.