Salas

O espaço de um Museu diz muito sobre a sua atuação. Um Museu que se propõe a não apenas “preservar” acervos, precisa ser apropriado para recepção de um público variado. Para tanto estamos implantando e aplicando os seguintes espaços: área educativa, biblioteca, auditório (sala dos relógios), sala de cinema no Museu com TV e vídeo, salas de exposição de todo acervo do Museu que por si só conta a sua história. Nestas salas podemos encontrar uma miniatura de locomotiva a vapor fabricada nas antigas oficinas da Cia. Paulista no ano de 1926, uma miniatura de locomotiva elétrica nº 403, réplicas da sala de espera para senhoras, sala de chefia, sala de comunicação (staff elétrico, telefones e telégrafos), sala destacando o interior dos carros de passageiros, sala da diretoria com mostras de quadros dos antigos, presidentes e diretores da Cia. Paulista. Na área extrema há, entre outras, a locomotiva elétrica nº 502 já restaurada.

Área Externa

Na área externa do Museu podemos encontrar a locomotiva elétrica nº 502 “ Baratinha”, utilizada em manobras e o guindaste a vapor.

Área Externa do Museu da Companhia Paulista

Área Externa do Museu da Companhia Paulista

Área Externa do Museu da Companhia Paulista

Área Externa do Museu da Companhia Paulista

Sala Conselheiro Joaquim Saldanha Marinho

Fundador da Companhia Paulista

Nesta sala podemos encontrar uma miniatura de locomotiva a vapor fabricada por funcionários nas antigas oficinas da Companhia Paulista no ano de 1926, mobiliário da sala de espera para senhoras, sala de chefia de Estação, sala de comunicação, relógios ponto, aparelhos de mudança de via, staff elétrico, lampiões de sinalização e outros.

Sala Conselheiro Joaquim Saldanha Marinho

Sala Conselheiro Joaquim Saldanha Marinho

Sala do Chefe da Estação

O chefe da estação era responsável pelo tráfego. Era uma pessoa importante na comunidade.

Itens importantes:

  • Aparelho Staff para liberação de linha
  • Sineta de bronze
  • Campainha de plataforma de Estação
  • Bandeiras de sinalização (verde, amarela e vermelha)
  • Lampiões de sinalização

Curiosidade:

  • As cores utilizadas nos semáforos hoje vieram da ferrovia

Sala das Senhoras

As mulheres não se misturavam com os homens e possuíam uma sala própria

Sala Engenheiro Francisco Paes Leme de Monlevade

Pioneiro da Eletrificação da Companhia Paulista

Podemos encontrar nesta sala uma miniatura da locomotiva a vapor nº 74, sinos, apitos, faróis e buzinas de locomotiva, troley de linha utilizado na inspeção da via férrea, miniatura da locomotiva elétrica nº 403, sala destacando o interior dos carros de passageiros, balanças, lampiões, lustres de carros de passageiro e carrinhos de bagagem.

Sala Engenheiro Francisco Paes Leme de Monlevade

Sala Engenheiro Francisco Paes Leme de Monlevade

Itens importantes:

  • Extintor de incêndio com tração animal
  • Bomba d’água a vapor
  • Balança para pesar até 200 quilos
  • Balança para pesar até 1500 quilos
  • Bancos de carros de passageiros de 2a classe
  • Banco de carro de passageiro de 1a classe
  • Poltrona de carro Pullman
  • Sofá de couro usado em carros de inspeção da estrada
  • Filtro de porcelana alemão
  • Moldes para as peças da locomotiva feitos em madeira
  • Miniatura de locomotiva elétrica
  • Retrato do engenheiro Francisco Paes Leme Monlevade
  • Biografia de Edmundo Navarro de Andrade
  • Apito de voz das locomotivas

Curiosidades:

  • Na Companhia Paulista, além de ter sido o implantador da tração elétrica, o engenheiro Francisco Monlevade criou um sistema para a sociedade assistencial (cooperativa), que serviu de modelo para a Previdência Social atualmente existente no Brasil, surgida em 1923 de um movimento de ferroviário jundiaienses da Companhia Paulista.
  • Edmundo Navarro de Andrade trouxe da Austrália para o Brasil o eucalipto.

Sala Jayme Pinheiro de Ullhôa Cintra

SALA DESATIVADA

Diretor Presidente

Neste piso podemos encontrar móveis da diretoria, quadros dos antigos presidentes, mobiliários, foto de locomotiva a vapor, livro de acionistas datado de 1894, busto de bronze de Adolpho Augusto Pinto, primeiro Chefe do Escritório Central da Companhia Paulista, apontador de lápis, máquina de escrever de uma tecla, talheres utilizados nos carros restaurantes.

Sala Jayme Pinheiro de Ullhôa Cintra

Sala Jayme Pinheiro de Ullhôa Cintra

Itens importantes:

  • Prataria restaurante
  • Livro dos acionistas
  • Lustre de cristal
  • Lampiões
  • Espelho de cristal risotado
  • Galeria dos presidentes da Companhia Paulista
  • Prensa manual
  • Máquina de somar e calcular
  • Máquina de escrever
  • Máquina de escrever de 1 tecla
  • Monograma (Desenho do símbolo) da companhia Paulista 13/10/1954 de João Baggio
  • Relógios

Sala Conselheiro Antônio da Silva Prado

SALA DESATIVADA

Diretor Presidente

Aqui podemos encontrar a origem da Fepasa – Ferrovia Paulista S.A., maquete da ponte rodo ferroviária inaugurada em 29 de maio de 1998, ligando os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, miniaturas de locomotivas e vagões, quadros dos antigos presidentes da FEPASA.

Sala Conselheiro Antônio da Silva Prado

Sala Conselheiro Antônio da Silva Prado

Itens importantes:

  • Maquete do prédio da antiga oficina da Companhia Paulista de Estradas de Ferro
  • Miniaturas Locomotivas
  • Fotos de Funcionários
  • Fotos de Locomotivas

Curiosidades:

  • Existiam jogos internos de futebol na empresa e com o tempo os funcionários que jogavam resolveram criar um time para disputar campeonatos amadores.
  • O gabinete Rui Barbosa, O Grêmio CP e as primeiras casas populares constituem um dos “braços da Companhia Paulista”.
Sala Conselheiro Antônio da Silva Prado

Sala Conselheiro Antônio da Silva Prado

Sala Conselheiro Antônio da Silva Prado

Sala Conselheiro Antônio da Silva Prado