Cultura Jundiaí | https://cultura.jundiai.sp.gov.br

Conselho Municipal do Patrimônio Artístico e Cultural (Compac)

O Conselho Municipal do Patrimônio Artístico e Cultural (Compac) é ligado às Unidades de Gestão de Cultura (UGC) e da Casa Civil (UGCC) e tem como principal objetivo preservar a História de Jundiaí, não só através de sua arquitetura, mas também de sua cultura e outras manifestações que tenham relevância para a sociedade seguindo o prescrito na Carta de Veneza em maio de 1964, no II Congresso Internacional de Arquitetos e Técnicos dos Monumentos Históricos:

“Os monumentos de um povo, portadores de uma mensagem do passado, são um testemunho vivo das suas tradições seculares. A humanidade tem vindo progressivamente a tomar maior consciência da unidade dos valores humanos e a considerar os monumentos antigos como uma herança comum, assumindo coletivamente a responsabilidade da sua salvaguarda para as gerações futuras e aspirando a transmiti-los com toda a sua riqueza e autenticidade.”

Já com relação aos bens imateriais, ou bens culturais de natureza imaterial, a atuação do Compac visa à preservação de práticas e domínios da vida social que se manifestam em saberes, ofícios e modos de fazer, celebrações, formas de expressão cênicas, plásticas, musicais ou lúdicas, e em lugares, como mercados, feiras ou santuários, que abriguem práticas culturais coletivas.

O Compac conta atualmente com 20 conselheiros compreendendo representantes do poder público, da sociedade civil e comunidade.

Integrantes do Compac