Cultura Jundiaí | https://cultura.jundiai.sp.gov.br

Cia. Jovem de Dança

A Cia. Jovem de Dança é um corpo artístico ligado à Unidade de Gestão de Cultura (UGC), que foi retomado em 2018 a fim de ampliar a oferta cultural nos eventos gratuitos promovidos pela Prefeitura, além de valorizar a produção e o trabalho artísticos no segmento da Dança. A reestreia do corpo artístico foi realizada nas comemorações pelo aniversário de 107 anos do Teatro Polytheama, na noite de 13 de dezembro daquele ano.

Desde então sob a direção artística de Alex Soares, a companhia já apresentou diversas coreografias, como “Instagrimm”, “Estudos em Chrom.Aqui”, “Entre o Corpo e o Azul” e “P.A.Q.U.I.T.A. – Passos aleatórios que um impulso te apresenta”. O grupo participou também de uma série de atividades da agenda cultural do Município, inclusive com os demais corpos artísticos da UGC, como a Companhia de Teatro de Jundiaí e a Orquestra Sinfônica Municipal de Jundiaí, em diversos palcos da cidade, como unidades escolares da rede municipal de ensino.

Já na temporada virtual 2020, durante o período de isolamento social por conta da pandemia, a Cia. Jovem de Dança manteve sua rotina de práticas diárias, abertas ao público por meio das redes sociais. As coreografias produzidas e apresentadas durante o período de isolamento social e retomada gradativa por conta da pandemia podem ser consultadas pela playlist #FiqueemCasa da Cultura.

Além da apreciação do público, a Cia. Jovem de Dança também traz desde a sua retomada a importante vitória, em 2022, do prêmio técnico “Projeto, Programa, Difusão e Memória” da Associação Paulista de Críticos de Artes (APCA), com série de vídeos da programação do Mês do Patrimônio do ano passado. Com coreografia de Alex Soares, diretor artístico da companhia, a série de vídeos foi gravada em locais icônicos da cidade, como o Complexo Fepasa, a Serra do Japi e o Teatro Polytheama e abria as atividades da programação temática, transmitida pelas redes sociais da Cultura em agosto de 2021.

A Cia. Jovem de Dança já havia recebido outras nomeações para o prêmio da APCA. Em 2022 mesmo, o grupo concorreu também na categoria Espetáculo não presencial, com o vídeo da coreografia “TikClog Dance”, também de Alex Soares. O conteúdo, preparado para o Dia Internacional da Dança em abril do ano anterior, foi baseado na linguagem do Tik Tok e revisita a cena clássica dos tamancos (clog, em inglês) do “La fille mal gardée” (do francês, A Garota mal protegida), balé de repertório mais antigo de Jean-Georges Noverre.

Em janeiro de 2021, a Cia. Jovem de Dança também já havia sido indicada para o prêmio da APCA Dança 2020, na categoria Criação, com a coreografia “P.A.Q.U.I.T.A. – Passos aleatórios que um impulso te apresenta”. A coreografia também foi de Alex e, por conta da pandemia, também foi apresentada nas redes sociais.


Confira abaixo algumas das coreografias apresentadas pela Cia. Jovem de Dança:

Instagrimm

Com coreografia de Alex Soares, “Instagrimm” traz uma mistura entre contos dos irmãos Grimm no formato de linguagem das redes sociais. De maneira lúdica e com bastante humor, o espetáculo apresenta um panorama dos estilos de dança, com o intuito de despertar no espectador a vontade de dançar.

Por meio do diálogo entre a tecnologia e os contos clássicos – alguns mais conhecidos, como “Branca de Neve” e “Chapeuzinho Vermelho”, e outros um pouco menos, como “João de Ferro”, “Rumpelstichen”, “O pescador e sua esposa” e “O menino que não sabia o que era o medo” – o espetáculo propõe ao público revisitar a sua infância e imaginar como seria nosso relacionamento com os personagens se pudéssemos segui-los nas redes sociais.

Esta coreografia rendeu a Alex Soares a nomeação, em dezembro de 2024, ao Prêmio Governador do Estado de São Paulo, na categoria Dança.


Entre o corpo e o azul

“Entre o corpo e o azul” é uma coreografia de Henrique Rodovalho e que traz como premissa o conceito de limite: onde começa o corpo e termina o movimento? Onde este movimento começa e finaliza no espaço? A partir dessas perguntas foi se desenvolvendo um corpo, que se movimenta, se expressa e acontece em espaços delimitados, provocados por uma sensível trilha sonora.


Dança pra Lua

“Dança pra Lua” é uma coreografia de Ivan Bernardelli e teve sua estreia no palco do Teatro Polytheama no dia 24 de setembro de 2023. Ao som da obra do compositor e pianista brasileiro Vitor Araújo, a coreografia traz como marcas circularidade, repetições, ciclos, mandalas, loopings e espelhamentos para celebrar a Lua, astro mágico que brilha à noite e ao qual rendem homenagens, ritos e cerimônias os mais diversos povos e religiões que compõem o Brasil.


Espetáculos com os demais corpos artísticos municipais

Com foco no enriquecimento da produção artística local e na formação de público, a Cia. Jovem de Dança também participa de diversas programações com os demais corpos artísticos municipais.


Confira mais fotos das apresentações de “Instagrimm” com a Cia. Jovem de Dança no espetáculo “Conexão Jundiaí – Joinville”, no dia 20 de setembro de 2022, e no especial de Dia das Crianças, no dia 15 de outubro de 2022, ambos no Teatro Polytheama.


Ficha Técnica

Diretor artístico: Alex Soares
Elenco profissional: Amanda Pereira, Bia do Bem, Bruna Vicente, Gean Marcos, Isabela Ivanov, João Lucas Alves, Márcio Vitorino e Maria Eduarda Castro
Elenco bolsistas: Carolina Salomão, Daniel Ribeiro, Letícia Ribeiro e Mychael Nascimento
Assistente de direção: Andrea Thomioka
Ensaiador: Ícaro Freire


Currículo do diretor artístico
Alex Soares é um coreógrafo de destaque atualmente na cena brasileira. Como convidado, trabalhou com as principais companhias de dança nacionais, como Balé Teatro Guaíra (PR), Balé da Cidade de Niterói (RJ), Balé Teatro Castro Alves (BA), Cia Sesc de Dança (MG), Ribeirão Preto Cia de Dança (SP), Corpo de Baile do Amazonas (AM) e Balé da Cidade de São Paulo (SP). Também fez trabalhos internacionais para as seguintes companhias: Noord Nederlandse Dans (Groningen, Holanda), Northwest Dance Project (Portland,EUA) e a Hubbard Street Dance Chicago (EUA).

Criou e dirige em São Paulo o Projeto Mov_oLA, plataforma de criação artística que ganhou prêmios como o APCA de dança, Guia Folha de S.Paulo, Prêmio Governador do Estado de São Paulo para a Cultura e também foi finalista do prêmio da revista Bravo! com seu último trabalho, intitulado “Devolve 2 horas da minha vida”.


Fotos do elenco