Cultura Jundiaí | https://cultura.jundiai.sp.gov.br

Cia. de Teatro de Jundiaí

A Cia. de Teatro de Jundiaí é um corpo artístico do Teatro Polytheama, ligado ao Departamento de Teatros da Unidade de Gestão de Cultura (UGC), criado em 2010 a fim de promover a oferta cultural nos eventos gratuitos promovidos pela Prefeitura, além de valorizar a produção e o trabalho artísticos no Município.

Com a atual composição, sob a direção artística de Carla Candiotto, a companhia apresentou durante a temporada 2019 os espetáculos “N1NHO” e “Robin Hood”, além de espetáculos junto aos demais corpos artísticos da Prefeitura, como “Clássicos em Movimento”.

Além das apresentações do Teatro Polytheama, considerado a casa dos corpos artísticos municipais, a Cia. de Teatro de Jundiaí levou seus espetáculos a diversas escolas municipais de Educação Básica (EMEB), encantando os olhares de milhares de alunos da rede municipal de ensino.

Já na temporada virtual 2020, durante o período de isolamento social, a Cia. de Teatro apresenta a Quarentena de Histórias. Diariamente, de segunda a quinta-feira, os atores da companhia trazem a contação de uma história, sempre em horário marcado, às 18h24. E às sextas-feiras, tem sempre um convidado especial, que também traz a sua história inédita.

“N1NHO”

Direção: Gepetean
Uma fábula musical, “N1NHO” narra a história de um beija-flor criança, que pousa em um ninho localizado sobre um prédio de uma cidade inóspita, com a missão de despertar a arte do fazer arte, viver e rir, que os passarinhos adultos, disfarçados de urubus, escondem em seus corações. Com duração de 45 minutos, a peça tem classificação livre e indicação para crianças a partir dos seis anos.

Fotos:

“Robin Hood”

Direção: Carla Candiotto
Em “Robin Hood”, uma divertida e humorada adaptação do clássico infantil, a companhia utiliza a linguagem do teatro físico para apresentar a história do famoso arqueiro medieval justiceiro, que rouba dos ricos para dar aos pobres, tratando de temas como poder, justiça e cidadania. Com duração de 60 minutos, a peça também tem classificação livre.

Fotos:

Assista ao espetáculo “Robin Hood”, apresentado no Teatro Polytheama:

“Clássicos em Movimento”

Direção geral: Carla Candiotto
Com a participação dos quatro corpos artísticos municipais (Cia. de Teatro, Cia. Jovem de Dança, Orquestra e Coral Municipais), o espetáculo “Clássicos em Movimento” trouxe para o palco do Teatro Polytheama, um concerto cênico e visual, que, por meio da encenação dos atores e bailarinos pela técnica de “tableau vivant”, fez a reprodução de telas e afrescos famosos. O espetáculo foi apresentado em comemoração ao aniversário de 108 anos do Teatro, na noite de 13 de dezembro de 2019, com uma reapresentação na noite seguinte

Com repertório musical barroco e natalino, nas composições de Bach, Händel e Vivaldi e proposta multimídia, o espetáculo envolveu o diálogo da Orquestra com as vozes do Coral e convidados e com o Teatro e a Dança, dando vida a “O Sepultamento de Cristo” de Caravaggio, “A Última Ceia” de Da Vinci, “O Nascimento de Vênus” de Botticelli e outros clássicos de Rafael Sanzio, Michelangelo e Velázquez, reproduzidos no fundo do palco.

Fotos:

Assista ao espetáculo “Clássicos em Movimento”, apresentado no Teatro Polytheama:

Fotos de ensaios e apresentações nas escolas municipais:

Ficha técnica

Diretora artística: Carla Candiotto
Elenco: Camila Brandão, Celso Junior, Jaoa de Mello, Lukas Lima, Marina Branco, Matheus Rique, Maira Cardoso e Paloma Rodrigues.

Currículo da diretora artística

Natural de Jundiaí, Carla Candiotto é atriz, diretora, autora e produtora teatral. Iniciou sua formação teatral na Europa, onde viveu por dez anos. Estudou teatro em Paris, na École Internationale Phillippe Gaullier e no Théâtre du Soleil, com Ariane Mnouchkine. Em Londres, estudou na Desmond Jones School of Mime. Já na Itália estudou Commedia Dell’arte com Antonio Fava. E em Nova York, especializou-se no método de consciência corporal Moshe Feldenkrais, que estudou em temporadas ao longo de quatro anos. Atuou e dirigiu espetáculos em diversos países da Europa, além de China e Austrália.

No Brasil, é cofundadora e codiretora da Cia. Le Plat du Jour, com Alexandra Golik, realizando diversos espetáculos, sucessos de público e crítica. Dirigiu companhias de teatro como La Mínima, Circo Mínimo, Parlapatões, Pia Fraus, Cia. Delas, Cia. Solas de Vento, Teatro Imprensa e Circo Amarillo. É também diretora convidada da Escola da Artes Dramáticas da USP (EAD) e da Escola de Teatro Célia Helena.

Ao longo de sua carreira recebeu diversos prêmios, entre eles seis APCA, oito Prêmios São Paulo de Teatro Infantil e Jovem em diversas categorias, além do Prêmio Governador do Estado para a Cultura 2015, na categoria Arte para Crianças.

Elenco: